top of page

BOLETIM 1101 - O impacto da REFORMA PROTESTANTE

Nº 1101 – ANO XXI – 30/10 a 05/11 de 2021

No dia 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero afixava na Igreja do Castelo de Winttenberg 95 teses com o propósito de trazer a Igreja Católica à verdade da Palavra de Deus, e abrir mão das divergências, indulgências e desvios doutrinários que com o passar dos tempos foi se infiltrando na doutrina, liturgia e prática do catolicismo. Lutero nunca idealizou a divisão da Igreja, mas uma reforma em suas práticas; porém, não foi essa leitura que fizeram de seu ato corajoso, mas muito pelo contrário; foi feita uma leitura de divisão, rompimento, e desde então tomaram rumos diferentes e assim segue até os dias de hoje.

Neste ano comemorando 504 anos desse ato que na verdade foi um ressurgimento do cristianismo; talvez o mais importante evento da história da fé cristã depois da ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo.

A Reforma Protestante mudou o rumo da história, influenciando na cultura ocidental, na educação, na política, nas pinturas, nas artes, na disseminação do livro impresso, enfim, uma mudança em diversas áreas. Gilbertus Voet já dizia, “Ecclesia Reformata et Semper Reformanda est” — Igreja Reformada, sempre se reformando.

A Reforma Protestante foi um movimento que surgiu como reação às práticas adotadas pela Igreja Católica até meados do século XVI, que até então era o maior expoente do cristianismo no mundo.

Já havia uma discussão firmada entre alguns líderes da igreja católica, acerca de práticas e costumes instaurados pelo clero daquela época, mas que não necessariamente eram unanimidade teológica.

Martinho Lutero, um monge católico alemão, estava insatisfeito com algumas dessas práticas e doutrinas, principalmente do ponto de vista teológico.

Desde o século XIII, muitos estavam identificando desvios bíblicos nas práticas que estavam sendo aplicadas no serviço de culto, surgindo assim discussões sobre o conjunto de valores, costumes e práticas por se tornarem hereges e antibíblicas. Alguns dos nomes que se destacaram que estavam tentando alinhar os valores da igreja centrando somente na visão bíblica foram, John Wycliffe, John Huss, Jerônimo Savonarola, Ulrico Zwinglio, e muitos outros que inspiraram Lutero a buscar a verdade e agir em prol dela.

Homens esses que foram perseguidos e mortos antes que o movimento ganhasse a força que conquistou com Lutero.

As autoridades eclesiásticas usavam de sua influência e poder para obter vantagens. O alto clero comandava práticas como a venda de cargos dentro da igreja e venda de indulgências, ou seja, troca do “perdão de Deus” por quantias em dinheiro.

As 95 teses ficaram sintetizadas em 5 Solas da Reforma Protestante.

- Sola Scriptura - Somente a Escritura.

- Solus Christus – Somente Cristo

- Sola Gratia – Só a Graça

- Sola Fide – Só a Fé

- Soli Deo Gloria – Glória somente a Deus.

A Reforma teve um grande impacto na espiritualidade cristã das pessoas que possuíam acesso à bíblia e a educação.

A Reforma nos lembra a necessidade de olharmos para nossas igrejas com um olhar crítico e estarmos constantemente buscando se reformar. Precisamos identificar as nossas falhas e buscar se tornar cada vez mais uma igreja que reflete quem Cristo é na sociedade.

A Igreja precisa se tornar bíblica, que leva um amor acolhedor e um evangelho que transforma vidas.


Claayton Nantes

69 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page