top of page

BOLETIM 1084 - “Neuroplasticidade – mude sua mente, mude sua realidade”

Nº 1084 ANO XXI 03 a 09 de julho de 2021


Interessante que a Palavra de Deus, o Senhor nos diz que “visitará a maldade dos pais nos filhos até a 3ª e 4ª geração” (Êxodo 20:5; Êxodo 34:7; Números 14:18), e hoje a ciência confirmou que as redes de pensamento passam pelo espermatozoide e pelo óvulo via DNA até as próximas 4 gerações.

A epigenética explica certos mistérios científicos que a genética tradicional nunca conseguiu explicar – por exemplo, por que em um caso, como o de irmãos gêmeos univitelinos (idênticos), um desenvolve asma e o outro não. Eles têm o mesmo genoma, portanto eles deveriam responder da mesma forma; mas a visão individual de mundo deles (o que é conhecido como “fator EU”), assim como a habilidade que eles têm de escolher, significa que eles pensam e reagem de forma diferente, o que altera a expressão genética deles. Apesar de os genes desses gêmeos serem iguais, os padrões de expressão deles podem ser modificados através do sinal. E esse sinal é afetado sobretudo por nossa reação aos eventos e circunstâncias da vida. Isso é algo profundo e as implicações são enormes: o modo como reagimos – nossos pensamentos e escolhas – se torna o sinal que ativa ou desativa os problemas geracionais em nossas vidas.

Você não será conhecido pela dor que você passou, você será conhecido pela dor que você venceu, que você superou.

Sentir dor é inevitável, mas o que você vai decidir fazer com a dor que você sente depende de você, você precisa melhorar sua resiliência psicológica.

Você não está destinado a viver os padrões negativos de seus antepassados – você pode, em vez disso, fazer uma escolha para a vida inteira de superação, mudando os padrões de expressão deles. Você pode ser o “primogênito espiritual” de uma nova linhagem de bênçãos na tua família, porque assim como a maldição pode alcançar até a 3ª e 4ª geração, a bênção alcança mais de mil gerações; em Cristo Jesus você pode se ver livre das maldições geracionais.

Porém, podemos respirar aliviados quando lemos Deuteronômio 24:16; Ezequiel 18:19-20, que explicam que somos responsáveis cada um por seus próprios pecados, e não por aqueles de nossos ancestrais.

Muitas pessoas não entendem, achando um pouco confuso quando a Bíblia diz que a iniquidade dos pais visitará os filhos; mas, por outro lado, somos responsáveis apenas por nossos próprios pecados. Funciona assim: as mudanças epigenéticas representam uma resposta biológica a um sinal do ambiente. Essa resposta pode ser herdada através de marcas epigenéticas. Mas se você remover o sinal, as marcas epigenéticas vão desaparecer.

Aqui está o ponto principal; os pecados dos pais criam uma predisposição, não um destino. Você não é responsável por algo a que está predisposto por causa das decisões de seus antepassados. No entanto, você é responsável por estar alerta quanto a essas predisposições, por avaliá-las e por escolher eliminá-las.

A neuroplasticidade pode trabalhar para nós como também contra nós, porque tudo o que pensamos sobre um assunto acaba se desenvolvendo – e isso se aplica a ambas as extremidades do espectro; negativa e positiva. O sábio rei Salomão declarou: “A morte e a vida estão no poder da língua, aquele que a ama comerá do seu fruto”. Provérbios 18:21

Nós podemos usar a neuroplasticidade para renovar nossas mentes.

A pessoa conscientemente escolhe, de preferência sob a direção do Espírito Santo, trazer aquela memória para a consciência, onde ela se torna plástica o suficiente para ser mudada. “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai”. Filipenses 4:8

A mente ativa modifica o cérebro; o cérebro é a parte passiva da existência. Enquanto pensamos, estamos fazendo o cérebro funcionar em padrões e combinações diferentes, e sempre que fazemos o cérebro funcionar de forma diferente, nós o modificamos. A pesquisa sobre epigenética demonstra que nosso ambiente e nossos estilos de vida podem transformar o modo como os genes são expressos, e evidências dessa área nos mostram que não estamos sendo controlados pela estrutura de nossos cérebros.

Nosso modo mental padrão – nossa alma, que é o nosso intelecto, vontade e emoções – é poderoso, forte e guiado pelos princípios de amor. Não permita que a mídia, os médicos ou outras pessoas em sua vida convençam você do contrário. Você tem o poder em sua mente de mudar as manifestações tóxicas e negativas. Nossas mentes moldam esse mundo. É isso que é a neuroplasticidade: MUDANÇA.

A neuroplasticidade é a ferramenta de Deus para renovar a mente.


Claayton Nantes

84 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page