top of page

BOLETIM 1238 -Conferência DOULOS

Nº 1238     –     ANO XXIV   –   15   a   21   de   junho     2024


Arraigados, firmados e encorajados até que Ele venha!

Deus nos criou com um propósito, e o que Ele não aceita é que venhamos desistir ou esmorecer na fé assim como escreve o escritor da Carta aos Hebreus – “Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa. Porque ainda um poucochinho de tempo, e o que há de vir virá e não tardará. Mas, o justo viverá da fé; e, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a conservação da alma”. Hebreus 10:38-39

A Bíblia toda é repleta de ‘mensagens subliminares’, Teofanias, Cristofanias, sem contar que é o maior compêndio do mundo de figuras de linguagem, e nEla, podemos ver de Gênesis a Apocalipse que o Senhor fala o fim antes do começo de todas as coisas, e o bom é que o Senhor já nos deu o spoiler de como será o final: “O NOSSO REDENTOR É VENCEDOR INVICTO”, mas Ele deseja que perseveremos até a vitória se manifestar, se concretizar; foi assim com o povo hebreu para sair do Egito, a luta aumentou, a pressão aumentou, a perseguição aumentou, até que o clamor do povo hebreu chegasse aos ouvidos de Deus, e o cálice da ira do Senhor se enchesse para ser derramado como juízo sobre a nação do Egito; o êxodo deste povo do Egito é uma figura da Igreja saindo desta terra de pecado, onde o ‘sistema deste mundo’ tem aprisionado e escravizado muitos, cobrando uma produção maior com menos recursos; porém em meio às dez pragas (que representam os sinais do princípio das dores e tribulação), o povo saiu da terra do pecado, rumo à Terra Prometida, mas para chegar na promessa tiveram que atravessar um longo deserto, que pela murmuração e relatório negativo de 10 espias, prorrogaram a posse da promessa por 40 anos.

Mas aqueles que estiveram arraigados, firmados encorajados, possuíram a terra prometida.

O apóstolo Paulo, mesmo preso, não perdeu a sensibilidade e o discernimento e percebeu que o Pastor Timóteo estava abalado com as notícias, filosofias, ideologias e a pressão da perseguição da Igreja, e Paulo reconfigurou fazendo Timóteo não perder Cristo de vista, e mantê-LO sempre como modelo, referencial e alvo a ser alcançado, e para isso, não olhar para os que apostataram ou naufragaram na fé como Himineu, Fileto, Demas, e outros que amaram o presente século.

No propósito de reanimá-lo Paulo usa a figura daquele que “reacende”, reaviva a chama de uma fogueira para não se deixar levar com o ‘espírito deste tempo’, pois Deus não nos deu espírito de medo, covardia, mas de ousadia e intrepidez, porém, Deus mesmo, Ele vai soprar sobre nós, para que possamos ser revestidos, ao invés de ficar procurando um Paulo, seja um Paulo na vida de alguém!

Assim também, você precisa ser uma figueira frutífera, que relevância tem sua vida e ministério para a sociedade hoje? Para o cônjuge, os filhos, os pais, a Igreja e o bairro? Por que Deus daria mais um ano de vida para você?

Para que serve quem não serve?

A figueira produz figos, ela foi criada para esse propósito e se não produzir para que serve? Assim como o sal, a luz, etc...

A vida precisa ser reformatada, reavivada, arraigada, encorajada.

Não apenas ouça a mensagem, mas seja a mensagem de Deus, a voz que clama no deserto!

Esses foram alguns pontos básicos dos pastores que já ministraram até aqui, mas tenho certeza que Deus tem muito mais para nós, medite em cada ministração desta semana e coloque em prática na sua vida!  

CONFERÊNCIA DOULOS – servos do Deus Altíssimo, arraigados, firmados e encorajados até que ELE VENHA!

                                 

Ap. Claayton Nantes


28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page