top of page

BOLETIM 1176 - PÁSCOA – A base da nossa fé!

Nº 1176 – ANO XXIII – 08 a 14 de abril 2023

Dentre as sete pedras fundamentais que o escritor de Hebreus define em sua carta, ele nos apresenta as duas últimas como: “RESSURREIÇÃO DE MORTOS e JUÍZO ETERNO”.

A vida após a morte nunca foi dúvida para os escritores bíblicos, nem dos livros históricos, poéticos como Jó, Salmos; Provérbios e Eclesiastes, os livros proféticos e muito menos os livros do Novo Testamento – todos eles sempre apresentaram com muita convicção a “vida após a morte!”

Paulo dedica um capítulo inteiro da carta aos Coríntios para explicar a doutrina da RESSURREIÇÃO, e inclusive Paulo nos diz, se não crermos na ressurreição, não creremos que Cristo Ressuscitou, e se Cristo não ressuscitou logo é vã a nossa fé; ou seja – se não crermos na ressurreição, na eternidade, então chegaríamos à conclusão que é só essa vida – morreu – acabou!: “Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens. Mas, agora, Cristo ressuscitou dos mortos e foi feito as primícias dos que dormem”. 1 Coríntios 15:19-20.

Não só Paulo, como todo contexto bíblico sempre apresentou a morte como “inimiga”, e Paulo ainda reitera: “Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado (vencido), é a morte”. 1 Coríntios 15:26.

A grande verdade é que “CRER NA RESSURREIÇÃO” dá consistência à nossa fé. Dá respaldo à Vida Eterna.

A maior e melhor festa do cristianismo é a PÁSCOA. Muitos questionam e o Natal?

O Natal é uma bela festa (sabemos que Jesus não veio no dia 25 de dezembro), mas um dia Ele veio a este mundo, e se Jesus não tivesse nascido nunca teríamos NATAL, porém, no Natal, o plano ainda não estava completo! O mundo andava em trevas e sem esperança, e de repente o VERBO se fez carne e habitou entre nós! A LUZ VEIO AO MUNDO – NASCEU JESUS, a esperança veio ao mundo! Agora, podemos ter salvação.

Mas foi a Sua Morte e Ressurreição que O fez Senhor e Cristo. Foi Sua Morte e Ressurreição em que Ele mesmo, tomou todo o fôlego que lhe restava para bradar:

Está consumadamente consumado!

Está completo, está feito – “UM INOCENTE, PURO, IMACULADO, MORREU PELOS PECADORES”.

Graças à morte substitutiva é que temos salvação, foi Seu Sangue puro, inocente que nos resgatou, redimiu, nos lavou, nos comprou e nos religou à Deus Pai.

“E, quando vós estáveis mortos nos pecados e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas, havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz”. Colossenses 2:13-14.

Nesta terra Ele foi coroado de uma coroa de espinhos, mas essa não é a coroa que Ele merece, que Ele é Digno. A coroa que Lhe pertence é UMA COROA DE GLÓRIA; foi a coroa que Ele recebeu quando entrou no Verdadeiro Tabernáculo nos Céus, não feito por mãos humanas, mas quando adentrou os Céus para apresentar o Seu próprio Sangue como propiciação pelos nossos pecados, e onde o Juiz de Todos os Céus e Terra recebeu e chancelou dizendo: ACEITO! CONSUMADO!

Então, Ele veio a Ser a causa da nossa eterna salvação: “E, sendo Ele consumado, veio a ser a causa da eterna salvação para todos os que lhe obedecem, chamado por Deus sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque”. Hebreus 5:9-10

Ele, venceu a morte e estendeu a nós a vida eterna, através de Seu próprio Sangue, e por isso PODEMOS CRER NO AMANHÃ! “Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então, cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor”. 1 Coríntios 15:53-58. Uma “FELIZ PÁSCOA” você só pode ter se O tiver como Único Senhor e Salvador da Sua vida, se você ainda não O recebeu em seu coração, essa é uma tremenda oportunidade que não pode ser perdida – Confesse-O hoje mesmo como Seu Senhor e Salvador e aí sim você poderá ter uma Feliz Páscoa.


Claayton Nantes

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page