top of page

BOLETIM 1158 - VIDA DE JESUS

Nº 1158 – ANO XXII – 03 a 09 dezembro de 2022


Estudar a vida de Jesus é algo fascinante e inesgotável, pois Ele é o Verbo a Palavra, o Logos de Deus que se fez carne. O Deus Conosco, o Emanuel, que despojou da Sua glória para vir ao mundo habitar entre nós.

Sem contar que para termos o pleno entendimento do plano de Deus, precisamos ter o conhecimento de todo Antigo Testamento, e os legados e tradições do povo hebreu, nação que Deus escolheu para ser o modelo para as nações.

Seu nascimento foi algo incomum, porém Sua vinda à Terra cumpriu inúmeras profecias que Deus vinha falando ao longo dos séculos.

Dados como o solo, a topografia, a hidrografia, a fauna, a flora, a agropecuária, a população, o idioma, os hábitos e costumes, as profissões, os partidos religiosos e os políticos, o dia a dia no Templo, a vida comum do povo judeu e centenas de outros assuntos que promovem o crescimento intelectual e cultural de quem se interessa para estudar Sua vida.

Todas as fases da vida e do ministério de Cristo tiveram um propósito único, que precisamos ampliar os prismas e analisar sobre novos ângulos da história do Filho de Deus.

Na Teologia, esse conteúdo vasto é chamado de Cristologia, porém, onde definimos que “Cristo” nunca nasceu – Ele é eterno, Ele é Deus, Ele é o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim, a raiz de Jessé, a verdadeira Estrela da Manhã. Quem nasceu nesta terra foi Jesus, a forma humana da divindade que Se fez carne, O Emanuel, o Deus Conosco!

Jesus é a parte física, humana que morreu na cruz do calvário, Cristo é O Ungido de Deus, Jesus (o corpo físico) fez Cristo (a forma divina, espiritual), legal nesta terra.

Literalmente “Cristo dividiu a história”; o “antes e depois” de Sua vinda, faz toda diferença.

Seus ensinamentos foram profundos, mas simples; intrigantes, porém reveladores.

Quando falava em parábolas, apresentava uma cosmovisão que em Sua época muitos não conseguiam captar a profundidade de Suas verdades.

Veio a esta terra para conscientizar a humanidade: “O Reino de Deus é chegado a vós”, e antes de ser assunto aos céus nos deixou uma “Grande Comissão”: “Portanto, ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão”. Marcos 16:15-18

Todas as coisas em Sua vida e vinda tinham um propósito e uma mensagem; nasceu em Belém (Mateus 2:1)– “Casa do Pão”, por isso, Ele é o Pão Vivo que desceu dos céus! (João 6:51)

Entregou Sua alma no Getsêmani (Mateus 26:36) – “lagar onde se espreme uvas”, foi o local onde Ele foi espremido, onde soou gotas de sangue (Lucas 22:39,44).

Porém havia um propósito – há uma cristofania na “Ceia do Senhor”, na Pessach – Páscoa Judaica; Ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, mas também, na última ceia Ele se revela aos Seus discípulos dizendo: “Este é o meu Corpo que é dado por vós” (Lucas 22:19-20), quando pegou o pão e o partiu. Para termos pão, o trigo tem que ser colhido, esmagado, triturado na moinha, e amassado para fazer a massa e ir ao forno para se tornar pão. Mas ao tomar o cálice, Ele diz: “Este é o meu Sangue que é dado por vós”. Para se formar o vinho tem que ser pisoteado, esmagado no lagar (Gath Shemén) – Getsêmani. Cada lugar que Ele passou em Seu ministério, tinha um proposito. Cada milagre que Ele realizou tem um ensinamento muito além da cura.

Isso e muito mais que vamos estudar na matéria desta semana, não perca!


Claayton Nantes


30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page