top of page

BOLETIM 1133 - Há muito a ser feito...

Nº 1133 – ANO XXII – 11 a 17 de junho de 2022


Na última segunda-feira 06/06, saímos para missões rumo à Uberlândia/MG com destino final em Avelino Lopes/PI;

Desde 1997 quando o Senhor me desafiou no chamado missionário, vivemos inúmeras experiências no campo missionário. Mas, cada vez que saímos para o campo, o Senhor nos surpreende, nos constrange, com o carinho e a dedicação de cada Igreja, pastor e família que nos acolhe, e somos impactados pela realidade que encontramos no campo, principalmente agora, ao retornar a esses lugares que já visitamos tantas e tantas vezes, e ver a realidade pós pandemia e os desafios que passaram ao enfrentarem a pandemia, histórias e mais histórias de superação, milagres, curas, provisões, mas também situações de ataques, tristezas e violência que aconteceram nesses anos, e ainda tem acontecido atualmente.

Nossa primeira parada foi na Igreja Palavra da Verdade/Uberlândia/MG com a Apóstola Lourdes e Pastor Joaquim, que nos recebeu com um delicioso almoço e sempre nos constrange com tanto amor e carinho quando passamos por lá; após o almoço fomos para Brasília no Bairro Santa Maria, na Igreja Ministério do Caminho com o Pr. Orlando Ribeiro, e amados irmãos que já estavam nos esperando com um delicioso jantar; (sem palavras para descrever tamanha dedicação e carinho).

Logo pela manhã na terça-feira fomos visitar o plano piloto, esplanada dos ministérios na capital federal do Distrito Federal e oramos ali em diversos pontos estratégicos e após o almoço tivemos uma reunião de pastores, onde ministrei uma palavra sobre a urgência do preparo da liderança evangélica para os próximos anos que estão por vir, pudemos contar com a presença de alguns pastores e amigos, como Pr. Orlando e toda equipe, além do Pr. Charlston, Apóstolo Fadi Faraj e Apóstolo Valter Léles.

À noite tivemos um jantar especial; e seguimos viagem logo pela manhã rumo a Corrente/PI, que fomos tremendamente recepcionados pelo Ap. Ari e Pra. Valdira, que nos atualizou da realidade dos interiores e sertões piauienses no período dessa pandemia, do qual eles têm atendido. Nos contou de realidades assustadoras de extrema miséria e fome, como o caso de uma visita que foram fazer, e ao chegar uma mãe estava amolando a faca para matar os filhos e se matar por extrema fome, do qual eles puderam suprir não só este, como muitos outros casos e famílias, um trabalho que eles tem feito há mais de 26 anos e atendendo mais de 2.500 famílias por mês, e que estão diante de um grande desafio de construir uma base missionária e um celeiro num local estratégico em Corrente/PI, um verdadeiro portal para o Nordeste brasileiro, onde tivemos a oportunidade de orar no terreno e profetizar a provisão, e um poço de água vivas; que pela fé será inaugurado em Dezembro/2022.

De Corrente/PI, seguimos para Curimatá/PI, onde tive a oportunidade de poder visitar o povoado do Flecha, que estavam em momento de grande tristeza, pois numa discussão entre 2 primos, culminou num suicídio, e pude ministrar uma palavra e orar pelo consolo do Senhor a todos os familiares enlutados. Entre tantas e tantas famílias, visitas, lares, pude orar pelos professores de uma Escola Municipal de Ensino Médio em Curimatá, onde muitos adolescentes e até crianças têm se mutilado diante de tanta ansiedade e aflição.

Tivemos muitos cultos, encontros de pastores, e visitações que perdemos a conta para poder apresentar um relatório, porém, pudemos ver o desespero da fome, escassez, extrema miséria e desespero pela falta de Jesus; sem contar muitas e muitas igrejas e pastores, desanimados, outros que literalmente apostataram e estão como as cinco virgens imprudentes, sem azeite na lamparina.

Não podemos desistir, não podemos parar, não podemos desanimar; literalmente: “Os campos estão brancos para a ceifa, é hora de levantarmos os nossos olhos e rogarmos ao Senhor da seara que envie ceifeiros para sua seara”. E a ordem de Deus à Josué, porém a essa geração: “Não to mandei eu? Esforça-te e tem bom ânimo, não pasmes, nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo, por onde quer que andares”. Josué 1:9

Neste final de semana onde o mundo celebra o “DIA DO PASTOR”, me vem à memória a experiência que o profeta Isaías teve: “Depois disso, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós?” Isaías 9:8. O profeta Isaías disse: “EIS-ME AQUI, ENVIA-ME A MIM” porém, isso é uma resposta pessoal, individual e intransferível. O Espírito do Senhor continua chamando, desafiando e enviando, porém cabe a cada um de nós decidirmos o que vamos fazer, diante de tantas coisas a serem feitas, e inúmeras vidas perecendo sem conhecerem a Cristo! “Como ouvirão se não há quem pregue, como pregarão se não forem enviados?”


Claayton Nantes

57 visualizações0 comentário
bottom of page