top of page

BOLETIM 1080 - No princípio criou Deus...

Nº 1080 ANO XXI 05 a 11 de junho de 2021


Para muitas pessoas a informação básica é suficiente, porém para a grande maioria precisa de ‘provas’, informações e argumentos. Muitos leem na Palavra e se a Bíblia diz, “já creem”, e já basta, porém, muitos querem a explicação ou evidência científica, e Deus respeita e deixou provas suficientes para estes. Pedro ainda nos diz: “Antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir a razão da esperança que há em vós”. 1 Pedro 3:15 Temos que estar preparados. Quando Jesus disse: “Errais não conhecendo as Escrituras”, e também Deus falou através do profeta Oséias: “O meu povo tem sido destruído porque lhe faltou conhecimento”, não é só conhecimento teológico, mas sim, em todas as áreas – a falta de conhecimento faz o povo perecer. A ignorância mata e mantém a pessoa no erro; por isso o império das trevas se propaga pela ignorância, mas o Reino de Deus avança pelo conhecimento: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. Creio e defendo a Palavra de Deus como verdade absoluta e inerrante. Aquilo que você não entendeu, ou não encontrou na Palavra de Deus são mistérios encobertos, que à medida que você buscar conhecimento, Deus dá a revelação. Existem algumas vertentes teológicas que diferente em alguma coisa, sobre a criação, a origem, e todas elas são consideradas “cristãs”. Aceitáveis teologicamente, porque tudo o que a Bíblia não explica detalhes, pode haver divergências de interpretação, mas o que a Bíblia define, gênero, número e grau temos que ter concordância plena e aceitação. Por exemplo, a questão da Salvação – Só em Jesus Cristo há Salvação; em nenhum outro existe salvação. (Atos 4:12). Isso é ‘absoluto’, ‘imutável’, uma verdade que não podemos discordar. (João 14:6). Na questão das origens, eu creio que Deus é o Criador absoluto de todas as coisas. Os únicos que são eternos, em questão de eternidade passada e futura são Deus Pai – Criador; Deus Filho – Salvador e Deus Espírito Santo – Consolador. Então em uma eternidade passada, Deus criou os céus, e os céus dos céus, e a Terra, e nela, um Éden, que não é o Éden adâmico, mas sim, um Éden Luciferiano, detalhes disso está em Isaías 14, Ezequiel 28. Esse Éden era um planeta mineral, vegetal, onde os seres que nele viviam eram anjos, arcanjos, querubins, porém, tinham acesso aos céus, e o “embaixador” era Lúcifer – o anjo de luz. Até que se achou iniquidade no coração dele, e ele queria estabelecer o seu trono acima do trono de Deus. Essa história creio que se encaixa entre o versículo 1 e 2 de Gênesis 1, pois assim como diz a “Bíblia em Ordem Cronológica”, quando Deus cria, Ele não cria nada ‘sem forma e vazio’. Mediante a Bíblia em Ordem Cronológica e essa visão teológica, há um hiato entre os versos 1 e 2, que é exatamente o tempo em que houve a queda de Lúcifer, e por isso que a Terra “tornou-se sem forma e vazia”, mas ainda assim o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas, até que o Senhor Deus decidiu recriar novamente as coisas. Vemos essa linha de entendimento através da Bíblia em Ordem cronológica que apresenta a seguinte sequência: João 1:1; Salmos 90:2; Gênesis 1:1; Isaías 14:12-17; Ezequiel 28:13-18; Gênesis 1:2; Jeremias 4:23-26; Isaías 45:18; Gênesis 2:4; Gênesis 1:2. É muito complexa essa visão, pois somente no quarto dia é que o Senhor estabelece os astros para contagem de dias e meses, então o tempo cronológico ficou estabelecido no quarto dia, até então poderia ser um tempo, mas que ao cair antes do cronos, seria um tempo eterno. Parte dessa teoria é então respaldada pela visão do “criacionismo de uma terra jovem”.


Claayton Nantes


48 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


malu santanna
malu santanna
Jun 07, 2021

Palestra muito boa.Aprender sobre as maravilhas de Deus e muito bom e nós enche de amor pelo nosso criador .🙏

Like
bottom of page