top of page

BOLETIM 1077 - Um presságio do fim!

Nº 1077 ANO XXI 15 a 21 de maio de 2021



Sinal não é o fato, é apenas um aviso; assim como as ‘placas de trânsito’ elas pré-anunciam o que está por acontecer a metros à frente. Grande parte das profecias apontam para Jerusalém, Israel, e especialmente o monte do Templo, onde profeticamente está sendo o foco das atenções, o foco dos últimos acontecimentos. Deus deixou em Sua Palavra informações que nos revelam quando vai se aproximar os acontecimentos escatológicos & apocalípticos. Em toda Palavra Deus fala sobre “sinais nos céus”, desde Gênesis 1:14, o Senhor nos avisa que usaria os astros para falar algo à humanidade; calendário astronômico: o nascimento de Jesus, sua vida, morte e ressurreição houve sinais nos astros; eclipses lunares referem a juízo sobre Israel, e eclipses solares apontam para juízo sobre as nações; uma batalha que está para vir sobre o mundo! Super lua rosa (uma lua bem diferenciada; com chuva de meteoros); e no próximo dia 26/05/2021 teremos um eclipse lunar total que será “lua de sangue”, sem contar que no último dia 14 de maio, Israel celebrou 73 anos desde que voltou a ser nação novamente; (não creio que vá acontecer nada nestas datas, mas são sinais que apontam que algo está por acontecer num futuro muito próximo); trazendo uma implicação profética muito importante. Em conjunto a isso, temos que observar as ações de nações como Estados Unidos, Oriente médio; Rússia (Magogue), países árabes, Turquia (Gogue), China e possivelmente vão envolver o mundo todo. Hamas lançando foguetes contra Israel exatamente na data que celebravam a conquista de cidades, e hoje a Turquia já se manifesta se aliando ao Hamas com total apoio. Muitos do Islã afirmam que Jerusalém é a 3ª cidade sagrada do Islã, depois de Meca e Medina, porém nos próprios livros sagrados do islã não há qualquer menção sobre Jerusalém, muitos árabes tem feito incursões no mundo muçulmano que o monte do Templo não tem nenhuma razão de pleitearem visto que não faz parte das crenças islâmicas. (Zc. 12:9) Israel tem sofrido ataques por todas as frentes, foguetes de Gaza e distúrbios violentos nos arredores sendo chamada de “Batalha Pré-Messias” pela Montanha de Deus que foi comprada por Davi por 600 ciclos de ouro a 3.000 anos atrás (1 Cr. 21:25). A violência tem aumentado, e o desfecho dessa batalha pode dar um avanço considerável no calendário apocalíptico; caso um dos mísseis atinja a mesquita que está neste território, pode-se dar inicio a construção do Templo de Salomão; ou dependendo, se levantar um líder único mundial para estabelecer o acordo de paz – o anticristo. Israel tem o controle do território de quem pode entrar ou não ao monte do Templo (local onde o 3º Templo será reconstruído); monte Moriá, porém o território pertence aos muçulmanos. Os judeus perderam o monte do Templo no dia de Jerusalém; Israel em o controle territorial da região onde tem o Domo da Rocha e tem também a Mesquita Al-Aqsa; eles que permitem ou não o acesso ao monte do Templo, porém quem tem a “gerencia religiosa” é o rei da Jordânia, e os muçulmanos acham que devem acessar o monte do templo quando quiserem, e como Israel fechou temporariamente por uma série de problemas, tanto judeus como árabes, e especialmente os árabes ficaram inconformados. Muitos estão como as virgens dormentes que estão despreparadas e sem azeite na lamparina; estamos caminhando em direção ao princípio de dores e posteriormente a Grande Tribulação. Nesta semana celebraremos a Festa de Pentecostes (festas estas que estão na agenda de Deus para com o homem, onde os céus estão abertos), e nesta data pode desatar um derramar do Espírito, a chuva serôdia, mas a mensagem que o Senhor está nos dando é: “PREPARA-TE PARA ENCONTRAR COM O TEU DEUS!” Claayton Nantes


194 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page