top of page

BOLETIM 1053 - Não ensinamos nossos obreiros serem simpáticos!

Nº 1053 ANO XX 28/11 a 04/12 de 2020


Temperamento, comportamento e inteligência emocional é uma coisa muito pessoal e intransferível, porém moldável.

Há algum tempo atrás colocaram um anúncio em uma revista em Nova York de página inteira de uma rede de hotéis. Na primeira linha da chamada estava escrito: “não ensinamos nossos funcionários a serem simpáticos”. Aquilo despertou a atenção de muitos leitores, só que a segunda linha dizia: “Contratamos gente simpática”.

Isso me levou a refletir: Que sacada inteligente! E realmente é assim, ninguém ensina ninguém o que é perfil comportamental.

Quem nasceu corvo, galinha ou pato, nunca vai ser uma águia! Não adianta matriculá-los na “Escola das Águias” que nunca aprenderão a voar voos mais altos.

Por isso que o apóstolo Paulo ao escrever aos irmãos de Éfeso disse: “Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados”. Efésios 4:1

Você tem que descobrir o seu chamado, aprimorar o seu talento e cumprir a sua missão na Terra.

Cada pessoa tem pelo menos um talento, e aquilo que é o chamado dela, ela vai fazer naturalmente.

Por isso, pessoas competentes são descobertas e não transformadas. Todos podem tomar a iniciativa de mudar e moldar, aperfeiçoar e investir na área que fazem bem.

O Reino de Deus é composto de muitos ofícios e áreas onde cada um precisa descobrir o seu lugar. E, assim que descobrir, fazer com excelência para que o Nome do Senhor seja glorificado e todo o Reino cresça e se estabeleça na Terra.

É perca de tempo ficarmos tentando transformar patos em águias. Quando colocamos pessoas na área certa, eles se sentirão realizadas e o trabalho será feito e o objetivo será alcançado.

Cada pessoa tem seu ponto forte, e nós precisamos identificar e potencializar esse talento.

Estamos chegando ao final de mais um ano, e com isso muitas mudanças estão programadas, projetos, desafios, e novas oportunidades em cada departamento, visto que nossos cargos e liderança são trocadas a cada ano.

Além dos departamentos e ministérios internos – Missões, Mulheres Virtuosas, Sacerdotes da Torre, Jovens, Adolescentes, Louvor, Ensino, Intercessão, Corais, Ação Social, Obreiros e Diáconos, temos também os ministérios externos: levantamento de donativos em recursos para os asilos, creches, educandários, casas geriátricas, e também a capelania hospitalar, recreação hospitalar e viagens missionárias nos ribeirinhos, índios, quilombolas, sertões, África, etc.

Descubra, envolva e desenvolva as áreas do seu ponto forte.

O segredo do sucesso num mundo competitivo e numa concorrência acirrada, é investir na área em que você é mais forte. Reconheça a sua diferença e potencialize-se nela.

2021 é um grande desafio, pois não sabemos como será o ‘novo normal’, porém, a obra não para!

A despeito das medidas e posições tomadas pelo governo, devemos encontrar estratégias para continuar propagando as Boas Novas do Evangelho e cumprir nosso chamado buscando sempre o revestimento e a plenitude do Espírito Santo.

Jesus disse aos seus discípulos: “Ficai em Jerusalém até que do alto sejais revestidos de poder”. “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo que há de vir sobre vós e ser-me-eis testemunhas”.

É na plenitude do Espírito que vamos conseguir atingir a meta e combater o bom combate. Revista-se, levante-se, e exerça seu chamado!

Claayton Nantes

163 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page